Leitores do Painel Florestal mostram opinião sobre o novo Código Florestal

Entre o final de outubro e o início de novembro, o Portal Painel Florestal quis saber dos leitores qual a opinião da maioria a respeito do Novo Código Florestal Brasileiro. A sondagem foi feita por meio de um questionário composto por seis perguntas fechadas mais espaço para considerações.

O objetivo principal é saber a opinião corrente sobre a nova legislação do setor, mas a sondagem também serve como indicativo sobre o perfil do leitor do Portal. A primeira tabulação dos resultados indica, por exemplo, que mais da metade (54,05%) dos leitores que responderam ao questionário trabalham em empresa nacional que atua apenas no Brasil.

Do total, 48,65% admitem que o setor a que pertence não fez propostas e nem participou das discussões sobre o Código, mas 51,35% acreditam que o Código Florestal Brasileiro precisa ser mudado para promover o desenvolvimento setorial.

Um índice de 27,03% das respostas indicou a delegação de competência para legislar aos estados como fator mais importante para o desenvolvimento do setor florestal brasileiro. Para a mesma questão, outros idênticos 27,03% apontaram a soma de Reserva Legal e APPs como o fator principal para o desenvolvimento, e ainda 18,92% disseram que o mais importante seria a cobrança de áreas desmatadas ilegalmente.

Para 35,14% dos leitores que participaram, a silvicultura brasileira cresceu e sempre respeitou o atual Código Florestal, além de ter ainda se certificado espontaneamente. Sobre esse ponto, no entanto, 29,73% disseram que a atividade deixou um passivo importante para trás.

Confira alguns dos comentários postados :

A diminuição a proteção da cobertura florestal, pode a princípio trazer lucro, no entanto compromete significativamente a manutenção e a qualidade dos corpos d’água, mais do essenciais a vida do homem na Terra. Isso sem considerar os danos a biodiversidade
————————-
A impunidade dos que já desmataram não pode ocorrer.
A legislação brasileira é péssima e ultrapassada, diferentemente do Código Ambiental, que é o mínimo que deve ser seguido e respeitado.
————————-
Acho o Brasil muito grande para um código Floresta único, acredito eu que cada Estado e Município tem que ter sua legislação própria, (manual único da leis sobre o meio ambiente).
A participação dos produtores e de todos os agricultores e dos moradores do campo tem que ser total. Acho eu que os Engenheiros Florestais que trabalham diretamente com os agricultores tem que ser consultados. O código Florestal feito no escritório no ar condicionado vai trazer mais problema que solução.
————————-
Acredito que há necessidade de mudanças, pois o Brasil passou do ciclo extrativista (e isso não tem como reverter) para o ciclo de florestas plantadas, portanto a legislação passada era para uma situação. Precisamos urgentemente desse novo código pois ele trará uma nova segurança, tão necessária para o trabalho no campo
————————-
Enquanto ruralistas e ambientalistas se comportarem radicalmente, o Brasil ficará à mercê de interesses estrangeiros que não querem que o Brasil explore suas riquezas, sob o falso argumento de que isso destruiria o meio ambiente. Meio ambiente aliás que só o Brasil, repito, só o Brasil assumiu o encargo de proteger, enquanto americanos e europeus fazem um discurso muito bonito mas dizimaram suas florestas para plantar milho e soja e plantam uvas nas encostas dos morros……
————————-
Haver maior fiscal
ização aos profissionais não habilitados, que estão atuando na área florestal…

Fonte: Painel Florestal

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s